quinta-feira, 1 de abril de 2010

Simplicidade



Gosto da simplicidade.
Gosto de dar valor às coisas simples da vida. Penso que na maioria das vezes é delas que tiramos grandes ensinamentos e conclusões.
Acho que hoje em dia as pessoas tendem a querer tudo em grande. Ou são carros grandes e caros, ou são roupas/sapatos carérrimos das marcas XPTO, ou são grandes festas cheias de pormenores rocócós, ... Tudo o que seja pomposo, cheio de brilho, chamativo e extravagante é muitas vezes o mais apetecido. E muitas vezes dizemos "Ai, que ter isto ou aquilo me fazia tão feliz!". Eu já o disse várias vezes. E concerteza que irei dizer muitas mais.
Mas, e o resto? E o básico? O simples?
Há coisas tão simples que nos podem fazer tão felizes. Uma simples carícia dada a quem ou por quem gostamos, uns momentos de silêncio a sós, um passeio de mãos dadas, admirar o pôr-do-sol numa esplanada, sentir a brisa da Primavera no rosto, admirar o mar, brincar com as crianças, sentir que estamos vivos e com saúde, ...
A vida é uma dádiva. E a qualquer momento pode desaparecer (basta ver o telejornal todos os dias. Não somos mais nem melhores que ninguém). Precisamos dar-lhe todo o valor que ela merece. Precisamos de aprender a viver. Precisamos de aprender a valorizar os pequenos gestos, as pequenas coisas... a simplicidade que nos pode fazer ainda mais felizes.

3 comentários:

Purple disse...

Verdade, verdadinha.

E é na simplicidade das coisas que podemos encontrar a maior felicidade.

Beijinhus grandes

Olhos Dourados disse...

às vezes penso que há coisas tão simples e que nos podem fazer tão felizes!=)

Lu! disse...

Tens toda a razão!

A felicidade está na simplicidade =)

*Kiss*