quinta-feira, 28 de junho de 2012

Urgência ou discriminação?

Há cerca de 2 meses fui a uma entrevista de emprego (que por acaso era para uma empresa bastante conhecida).
A entrevista estava a correr muito bem até ao momento em que foi questionada a minha disponibilidade.
Ora tendo os meus pequenos pouco mais de 2 meses na altura, informei essa situação e disse que se tivessem urgência teria disponibilidade parcial imediata, e que quando eles fizessem os 4 meses me disponibilizava totalmente.
Resposta do outro lado: "Temos mesmo muita urgência na função, e queremos disponibilidade total e imediata. Poderia ter-nos informado dessa situação quando lhe telefonamos, pois teríamos evitado isto."

Esta semana, ao ver anúncios de emprego, deparei-me com um novo pedido da empresa, para a mesma função.

Então... e a urgência????

Por acaso, fiquei consciente de que a função não seria para mim, pois exigia bastante disponibilidade e deslocações internacionais frequentes (que neste momento não vêm nada a calhar com dois pequerruchos).
Mas, que tinha vontade de lhes enviar um email, ai isso tinha!!! 

Aos 4 meses

o senhor doutor diz que os pequeninos estão muito bem, a desenvolver dentro do seu ritmo (ali a variar entre os percentis 5 e 25).
Portanto, vamos continuar com o leitinho da mamã em exclusivo. 
Nada de sopinhas e paparocas por enquanto. 


sexta-feira, 22 de junho de 2012

Ter filhos gémeos...

é um ter febre e passado 3 dias ter o outro. :(

terça-feira, 19 de junho de 2012

Dos serviços públicos

Depois de 1h30m à espera que chegasse a minha vez (quando cheguei tinha 4 senhas à minha frente), saio das Finanças sem resolver nada porque o sistema não estava a funcionar e não conseguiam aceder aos meus dados!!!!!

segunda-feira, 4 de junho de 2012