sábado, 26 de abril de 2008

Cativar

Falar de amizade é falar de um valor que todos nós conhecemos e ambicionamos mas que, muitas vezes, nos esquecemos, ou temos dificuldade, de pôr em prática… Falamos de amigos, somos amigos, temos amigos… Mas o que define um amigo? Como o elegemos?

O texto seguinte ajuda-nos a reflectir sobre este valor.

– Anda brincar comigo – pediu o principezinho à raposa. – Estou tão triste…
– Não posso ir brincar contigo – disse a raposa. – Ainda ninguém me cativou…
– Ah! Então, desculpa – disse o principezinho. Mas pôs-se a pensar, a pensar e acabou por perguntar:
– «Cativar» quer dizer o quê?
– Vê-se logo que não és de cá – disse a raposa. – De que andas tu à procura?
– Ando à procura de amigos. «Cativar» quer dizer o quê?
– É uma coisa de que toda a gente se esqueceu – disse a raposa. – Quer dizer «criar laços».
– Criar laços?
– Sim, laços. – disse a raposa. – Ora vê: por enquanto tu não és para mim senão um rapazinho perfeitamente igual a cem mil outros rapazinhos. E eu não preciso de ti. E tu também não precisas de mim. Por enquanto eu não sou para ti senão uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativares, passamos a precisar um do outro. Passas a ser único no mundo para mim. E eu também passo a ser única no mundo para ti…Só se conhecem as coisas que se cativam – disse a raposa –, os homens já não têm tempo para conhecer o que quer que seja… Se queres ter um amigo, cativa-me!
– O que é que é preciso fazer? – perguntou o principezinho.
– É necessário ser paciente – respondeu a raposa. – Sentas-te primeiro um pouco longe de mim, assim, na erva. Eu olhar-te-ei pelo canto do olho e tu não dirás nada…
Foi assim que o principezinho cativou a raposa. E quando chegou a hora da partida:
- Adeus – disse a raposa. – Eis o meu segredo. É muito simples: só se pode ver bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos… Os homens esqueceram esta verdade – disse a raposa. – Mas tu não deves esquecer-te. Tornaste-te para sempre responsável por aquilo que cativaste…

quarta-feira, 23 de abril de 2008

domingo, 20 de abril de 2008

Para recordar

Encontrei este site que me fez recordar uma série de desenhos animados e publicidades que davam na minha infância/adolescência.


http://www.misteriojuvenil.com/piratas_momentomagico.htm

Visitem.

A qualidade não é a melhor, mas faz reviver e sonhar.
Adorei!! :))))

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Imagem


Vi esta imagem num post sobre o divórcio do Pde José Sá no Blog Partilhar.

Achei que vale mais que qualquer palavra.

O que acham?

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Meu amigo


Espero que sejas muito feliz!

E... um perfeito seguidor de Jesus.
Parabéns. Estou muito contente por ti! ;)

quinta-feira, 10 de abril de 2008

A minha forma de pensar




Your Thinking is Abstract and Random



You are flexible, adaptable, and creative.

There's many ways that you can learn - and you're up for any of them.



You relate well to other people, and you do well working in groups.

You can help people communicate together and work with each other's strengths.



You don't work well with people who are competitive or adversarial.

You prefer to work toward a common goal... not toward conflicting goals.

quinta-feira, 3 de abril de 2008

terça-feira, 1 de abril de 2008

:((

Ontem à noite reparei que uma gatinha vadia que anda lá perto de minha casa e que eu alimento, estava um pouco "caída". Não quis comer nada e deixou-me pegar nela facilmente (coisa que não é nada normal uma vez que é vadia). Hoje de manhã quando abro a porta, qual não é o meu espanto ao vê-la praticamente morta.
Estava fria (devido talvez a ter passado a noite lá fora e não se ter tentado aquecer), estava com os olhos muito amarelos, a boca cerrada (queria ver se ela tinha algo na boca e foi muito dificil pois ela não a abria), e se a tentavamos por de pé, ela caia para o lado.
Infelizmente acho que quando regressar a casa ela já não vai estar viva! :((((

Não sei se terá sido vítima de algum envenenamento (uma vez que estava com os olhos muito amarelos) ou se lhe terá dado algum ataque.

Alguém sabe se há alguma coisa que possamos fazer no imediato quando encontramos um animal neste estado?

Pensei dar-lhe um antibiotico que o meu gato andou a tomar, mas tinha receio que fosse ainda piorar. Mas depois também pensei... "se eu não fizer nada, ela morre na mesma". Dei. Não sei se fiz mal ou bem, mas não podia ficar sem fazer nada. Para além disso da forma que ela tinha a boca fechada e da forma que ela estava tenho duvidas que tenha entrado alguma coisa lá para dentro.

Sinto-me triste e revoltada. Ela não fazia mal a ninguém. Apesar de vadia, ela até pedia miminhos de vez em quando. Já estava habituada a ela!

Se foi mesmo envenenamento, não percebo como é que alguém é capaz de uma coisa destas! O ser humano é mesmo capaz de coisas intragáveis!