segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Liberdade


Este foi o tema para a 2ª Semana da Quaresma.


Muitas vezes não sabemos usar a liberdade que temos. O egoísmo fala mais alto. Atropelamos os outros para conseguir o que pretendemos.

Jesus transfigurou-se na montanha perante 3 dos seus discípulos. Também nós nos deveremos por vezes transfigurar, para que seja vísivel em nós o rosto de Jesus. E como? Pela partilha, pela ajuda, pela amizade, pelo perdão, pela paz, pela fé.
Seremos verdadeiramente livres?


Objectivos


Uma velha história conta que três pedreiros que estavam a trabalhar na mesma obra e a fazer o mesmo serviço foram questionados sobre o que é que estavam a fazer. O primeiro respondeu: "Estou a ganhar a vida". O segundo continuou a trabalhar e disse: "Estou a fazer o melhor trabalho de cantaria de todo o país". O terceiro olhou com brilho de visionário nos olhos e disse: "Estou a construir uma catedral".



Seremos nós capazes de responder a esta questão da mesma forma que o terceiro pedreiro?

Seremos capazes de responder à questão: "Para onde é que vamos?"

Se não conseguirmos responder, como saberemos qual é o caminho que devemos seguir? E como saberemos se já lá chegamos? Se os nossos esforços foram ou não bem sucedidos?

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Desafio

SOU: amiga do meu amigo, simpática, boa rapariga! :)
NÃO SOU: alta
GOSTO: dos meus pais, do meu amor, do meu afilhado, da minha prima, do meu gatinho Gil, dos meus pequeninos da catequese, dos meus amigos, ...
NÃO GOSTO: de pessoas mentirosas, intriguistas, invejosas

TENHO: saúde e muito amor daqueles que eu amo
NÃO TENHO: poder para curar os outros
FAÇO: muita coisa. lol
NÃO FAÇO: muita coisa que gostava de fazer.
FIZ: ui, tantas coisas. Mas ok, ultimamente…. Comprei a nossa casota.
NÃO FIZ: ainda não comprei um foco que precisamos para o jardim.
FAREI: comprarei coisas para a casotinha. E, acima de tudo, espero fazer os outros felizes.
NÃO FAREI: tudo o que, conscientemente, sei que me fará mal. (pelo menos espero)
QUERO: ser feliz. Crescer mais como pessoa.
NÃO QUERO: sofrer
SONHO: casar, ter filhos, viver rodeada daqueles que amo.
NÃO SONHO: sofrer
FREQUENTO: algumas acções de formação, aulas de aeróbica, catequese, missa ao domingo, danças de salão
NÃO FREQUENTO: muitos bares e discotecas
APROVO: tudo o que seja para o nosso bem e bem dos outros
NÃO APROVO: mentira, inveja, intriguinhas
COMO: massa! Adoro massa.
NÃO COMO: favas, ervilhas, leitão, …
BEBO: água e sumos naturais
NÃO BEBO: 1,5 l de água por dia (mas tou a esforçar-me por isso). Bebidas com muito álcool, coca-cola.
AJUDO: os que me pedem ajuda (ou pelo menos tento)
NÃO AJUDO: a fazer asneiras graves. lol
ASSISTO: a séries tipo CSI, Dr. House, comédias, documentários da 2:
NÃO ASSISTO: Filmes de terror. Tudo o que dá tarde e a más horas (para quem se levanta às 7 h, claro).
NAVEGO EM: sites de catequese, alguns blogs, http://onossocasamento.pt, vejo os emails, e alguma coisa que precise no momento.
NÃO NAVEGO EM: youtube. Não consigo ver a maior parte dos vídeos, por isso não perco tempo. (a minha net é um pouco lenta :( )
OUÇO: todo o tipo de música
NÃO OUÇO: -
USO: jeans, acessórios, calças de desporto
NÃO USO: decotes e calças justinhas (daqueles que agora são as que mais aparecem nas lojas :S)
VOU: trabalhar, que já perdi algum tempo com isto. :) Ser mais positiva e mais forte.
NÃO VOU: deixar-me abater por comentários menos bons e por coisas menos boas que aconteçam.

Passo este desafio a quem passar por cá e quiser aceitá-lo! :))

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Humanismo


Humanismo foi o tema desta primeira semana da Quaresma.

E porquê?

Porque devemos, à semelhança de Jesus Cristo, ser mais humanos.
Não, não é impossível sermos como Ele. Basta-nos estar atentos a pequenas coisas.
Prestar mais atenção à forma como tratamos os outros. Quantas vezes, só porque estamos um pouco mal dispostos ou cansados, somos agressivos com os outros? Não seria nossa intenção magoar, mas concerteza que a nossa resposta "mal dada" acaba por magoar o outro.
Com os pequenos erros podemos melhorar. Basta preocuparmo-nos em assumi-los e sobretudo corrigi-los.
Será que fomos "humanos" esta semana? Será que conseguiremos ser cada dia mais humanos?

Eu espero que sim. E estou a esforçar-me por crescer como pessoa.

Lá estivemos


E foi fantástico! Rir do principio ao fim do espectáculo.
Sem querer desvalorizar o trabalho das duas actrizes, o José Raposo é um excelente actor. 5*

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Hoje eu vou ver


O CLUBE DAS DIVORCIADAS


Carlota Francisca da Bernarda de Alcoforado, é uma burguesa que deixa o seu marido, que produz queijo na serra da gardunha, e decide mudar-se pra a cidade. Sendo a renda muito cara, procura duas inquilinas para dividirem o apartamento, tendo como condição saberem pronunciar o seu nome correctamente. A primeira a aparecer é Rosalinda. Tem uma pronúncia de Bragança, um ar rústico, meio camionista, meio armário. A outra, a Fanny, é de origem inglesa, muito bonita, muito elegante, muito estúpida, e ligeiramente amalucada. Estas três mulheres vão dividir o apartamento numa mistura explosiva. Elas vão viver a dolorosa mas hilariante prova do divórcio, apesar das sua aparências físicas e personalidades serem totalmente opostas.

Love is in the air

"E é amar-te assim perdidamente
É seres alma, sangue e vida em mim
E é dizê-lo cantado a toda a gente!"
Adoro-te pequeno! ;)


Happy Valentine's Day!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Hoje...

... fiquei pensativa depois da formação que tive.


Os psicólogos sabem falar... e deixar a pensar!


Frase do dia

"Todos os gestos são bons quando são naturais. Os aprendidos são sempre falsos."
Sacha Gritry

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Para reflectir

Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um pirilampo que só vivia para brilhar...!
Ele fugia rápido com medo da feroz predadora e a cobra, nem pensava em desistir.
Fugiu um dia e nada. Ela não desistia, dois dias...
No terceiro dia, já sem forças, o pirilampo parou e disse à cobra:
- Posso fazer-te três perguntas?
Podes - respondeu a cobra. Não costumo abrir esse precedente para ninguém mas já que te vou comer, podes perguntar.
- Pertenço à tua cadeia alimentar? Perguntou o pirilampo.
- Não, respondeu a cobra.
- Fiz-te alguma coisa?
- Não!
- Então porque é que me queres comer?
- PORQUE NÃO SUPORTO VER-TE BRILHAR!!!

Pensem nisto e olhem bem à vossa volta, porque sem darmos conta, estamos diariamente a tropeçar em cobras!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Questão de fé

Durante uma conferência com vários universitários, um professor da Universidade de Berlim (inicio do século XX) desafiou os seus alunos com esta pergunta: “Deus criou tudo o que existe?”

Um aluno respondeu valentemente: Sim, Ele criou…

"Deus criou tudo?" Perguntou novamente o professor.

Sim senhor, respondeu o jovem.

O professor respondeu, “Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal? Pois o mal existe, e partindo do preceito de que nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau?”

O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, se regozijava de ter provado mais uma vez que a fé era um mito. Outro estudante levantou a mão e disse: Posso fazer uma pergunta, professor?

Claro, foi a resposta do professor.

O jovem ficou de pé e perguntou: Professor, o frio existe?

Que pergunta é essa? Lógico que existe, ou por acaso você nunca sentiu frio?

O rapaz respondeu: “De facto, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo ou objecto é susceptível de estudo quando possui ou transmite energia, o calor é o que faz com que este corpo tenha ou transmita energia.O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Nós criamos essa definição para descrever como nos sentimos se não temos calor”.
E, existe a escuridão? Continuou o estudante.

O professor respondeu: Existe.

O estudante respondeu: "Novamente comete um erro, senhor, a escuridão também não existe. A escuridão na realidade é a ausência de luz. A luz pode-se estudar, a escuridão não! Até existe o prisma de Nichols para decompor a luz branca nas várias cores de que está composta,com as suas diferentes longitudes de ondas. A escuridão não! Um simples raio de luz atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz. Como pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na quantidade de luz presente nesse espaço, não é assim? Escuridão é uma definição que o homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz presente”.

Finalmente, o jovem perguntou ao professor: Senhor, o mal existe?

O professor respondeu: Claro que sim, lógico que existe, como disse desde o começo, vemos estupros, crimes e violência no mundo todo, essas coisas são do mal.

E o estudante respondeu: O mal não existe, senhor, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência do bem, é o mesmo dos casos anteriores, o mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus. Deus não criou o mal. O mal não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz.O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações. É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.

Por volta dos anos 1900, este jovem foi aplaudido de pé, e o professor apenas balançou a cabeça permanecendo calado… Imediatamente o director dirigiu-se àquele jovem e perguntou qual era seu nome? E ele respondeu: ALBERT EINSTEIN.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Quaresma

O que quer dizer Quaresma?

A palavra Quaresma vem do Latim quadragésima e é utilizada para designar o período de quarenta dias que antecedem a festa ápice do cristianismo: a Ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no famoso Domingo de Páscoa. Esta prática data desde o século IV.
Começa na Quarta-feira de Cinzas e termina na Páscoa. A Quaresma dura 47 dias, embora para o calendário litúrgico os domingos não contem, perfazendo então 40 dias. O período é reservado para a reflexão, a conversão espiritual. Ou seja, o cristão deve aproximar-se mais de Deus. Deve intensificar a prática dos princípios essenciais da sua fé, com o objectivo de ser uma pessoa melhor, fazendo o bem ao seu próximo. Em resumo, é sobretudo um período de reflexão.

Qual o significado destes 40 dias?

Na Bíblia, o número quatro simboliza o universo material. Portanto, a duração da Quaresma está baseada no símbolo deste número na Bíblia. Nela, é relatada as passagens dos quarenta dias do dilúvio, dos quarenta anos de peregrinação do povo judeu pelo deserto, dos quarenta dias de Moisés e de Elias na montanha, dos quarenta dias que Jesus passou no deserto antes de começar sua vida pública, dos 400 anos que durou a estadia dos judeus no Egipto, entre outras.

O que os cristãos devem fazer no tempo de Quaresma?

A Igreja propõe que seja um tempo de oração, penitência e caridade. O cristão deve ir ao encontro do Reino de Deus. Deve lutar para que haja justiça, paz e amor em toda a humanidade.
O jejum e a abstinência são também frequentes na Quaresma. São formas de educação. Os cristãos devem dispensar os bens materiais, prestando antes serviços de amor em práticas de caridade e de oração.


Mensagem do Santo Padre para este tempo que começa hoje

"Convidando-nos a ver a esmola com um olhar mais profundo que transcenda a dimensão meramente material, a Escritura ensina-nos que há mais alegria em dar do que em receber (cf. Act 20, 35). Quando agimos com amor, exprimimos a verdade do nosso ser: de facto, fomos criados a fim de vivermos não para nós próprios, mas para Deus e para os irmãos (cf. 2 Cor 5, 15). "