segunda-feira, 10 de maio de 2010

O exame

O exame correu muito bem. :)
Cerca de 1h de espera devido aos habituais atrasos. Algumas pessoas com cara de assustadas pelo exame que iam fazer. Uma senhora que depois de ter sido chamada sai da sala a dizer "Não custa nada, não tenham medo!". E disse isto umas 3, 4 vezes. eheh
Durante a espera, a minha cara amiga enxaqueca achou que eu me estava a sentir muito sozinha e decidiu ir ter comigo. Inconveniente pah! Ela ainda não percebeu que eu não gosto nada, nada que ela me apareça em locais menos próprios sem avisar? Damn it.

Continuando... realmente o nervosismo anterior era perfeitamente dispensável, pois a verdade é que (pelo menos comigo) o exame faz-se bem. 
A ideia de me concentrar na respiração foi óptima. Inspira, expira! Sempre pelo nariz, claro!
Custou um pouquito o endoscópio passar na garganta, mas foi tão rápido, que eu no final até disse: "Já acabou? Conseguiu ver tudo?".
Ainda bem que o Sr. Doutor me disse que era normal arrotar imenso durante o exame. Que imagenzinha mais deprimente. LOL
Quanto ao resultado: Apenas as paredes do estômago inflamadas, ou seja, uma gastrite. Great! Pelo menos para já, as úlceras de família ainda não me atacaram. ;)
Acabado o exame, fui para casa. Tentei ignorar a presença da minha amiguinha enxaqueca e passei pelas brasas umas 2 horitas.
Apesar de ter acordado mais bem disposta, a maldita mesmo assim não me deixou ir à Queima recordar os tempos de estudante...

3 comentários:

Rita disse...

As enxaquecas são mesmo umas chatas, acredita... :s:s:s

Ainda bem que o exame correu bem!!!

Beijinhos

Rita

Dina disse...

Ainda bem que correu tudo bem!

Lita disse...

Querida, ainda bem que estás bem e que correu tudo melhor do que pensavas!!! Fico mesmo feliz por ti!

*******